lunes, 22 de abril de 2013

Porque tecnologia na educação?

Preparar cidadãos para exercer sua cidadania

As instituições educativas necessitam refletir sobre a educação para adapta-se a sociedade  em rede que muda diariamente onde todos são consumidores e produtores de informação.



Na Revolução Industrial

Escolas eram pensadas como uma fábrica: Preparando o aluno para funções bem definidas na linha de produção.

  • Dividido os alunos por faixas etárias, para definir o "setor"
  • Uniformizados, 
  • Condutas padronizadas, 
  • Noção de tempo,
  • Muros da escola  bem definidos,
  • Silencio na sala de aula, 
  • Hierarquia vertical,
  • Protagonista do professor  detentor do o limite do conhecimento que o aluno poderia alcançar,
  • Teoria de aprendizagem Behaviorismo- respostas e estímulos.
Según Aparici, R.(2010) A educação está baseada na cultura livresca , da era industrial.

Agora na era digital  o mercado demanda:

  • Estrutura dinâmica que acompanhe as tecnologias,
  • Velocidade, respostas rápidas....
  • Hierarquia horizontal ,
  • Qualificação,
  • Criatividade,
  • Pensar fora da caixa,
  • Menos trabalhos formais,
  • Colaboradores
  • Trabalhar em rede
  • Capacidade de Negociação
  • Tolerância a diversidade 


Colaboradores não representarão:

-Gasto de férias,
-13º,
-Aposentadoria......
-Possivelmente terão seu cgc como microempreendedores Individuais ou Profissionais autônomos

Competências WEB 2.0

Os professores preparam para a vida e a entrada no mercado de trabalho.

Na web 1.0 nós consumíamos a informação, na web 2.0 todos produzem a informação, sobem vídeos, produzem blogs, fazem comunidades de interesses....e estamos indo para web semântica.

Os níveis de alfabetização informática exigidos pelo mercado se incrementam, e surgem necessidades de desenvolver novas competências e habilidades:


As competências para exercer a cidadania mudaram com a internet:

  • Alfabetização digital nível médio/alto, (evitando a brecha digital.)
  • Saber Buscar /Pesquisar por palavra chave
  • Desenvolver Critérios Filtrar informação,
  • Síntese,
  • Capacidade de Negociação,
  • Domínio do idioma nativo,
  • Segundo idioma,
  • Papel Ativo na sua aprendizagem
  • Aumento da responsabilidade do aluno
  • Saber fazer trabalho colaborativo em rede,
  • Negociar seus pontos de vista
  • Entregar trabalhos em diferentes formatos: blogs, wikis,PDF,DOC,vídeo, som
  • Criatividade,
  • Tolerância a diversidade,
  • Leis aplicadas a Internet.
  • Netqueta
  • Inscreva em comunidades, listas de discussão, fóruns

A estrutura escolar demanda:

  • Plataforma LMS - Learning Manager System  (exemplo Moodel).
-Network -Alunos conectados
-Chat
-Quadro de avisos
-Debate de cada matéria
-Presença em Comunidades Sociais
-e-mail
-Wiki
-Blog
  • Conexão banda larga
  • Equipamentos com programas, mantidos e rápidos.
  • Insentivo a aquisição de equipamentos:
-Financiamentos para compras de equipamentos
-Descontos em redes de distribuidores

  • Treinamento Professores-Inovar os métodos para ajustar-los a novos meios que surgem a cada dia.
  • Adaptar a oferta os materiais educativos a novos formatos

     A noção do tempo e espaço fica menos relevante e a educação informal em rede está contextualizada na sociedade do informação.


domingo, 21 de abril de 2013

Tecnologia da informação e comunicação na aula- dicas básicas

Receita para aplicar tecnologia da informação e comunicação na aula:


O que é TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação?


Segundo Camino, M. J. (2011) As TIC Tecnologias de la Informação e Comunicação são recursos disponíveis na Internet como programas e ferramentas



Identificar necessidades dos alunos para exercer sua cidadania:

  • Buscar
  • Selecionar/filtrar 
  • Citar bibliografias
  • Acesso a rede, equipamento, tipo de conexão.
  • Noções de segurança na internet
    http://cartilha.cert.br/fasciculos/,
  • Consequências da participação nas redes sociais, 
  • Noções de leis na internet, 
  • Saber conviver com as diferenças, 
  • Falar segundo idioma, inclusive porque não tem muito conteúdo de pesquisa digitalizado em português, 
  • Saber negociar,
  • Saber colaborar, 
  • Organização e Formação dos estudantes em trabalho em grupo, 
  • Alfabetização digital:

Alfabetização digital

Segundo Poblete y Villa, 2007 deve se propor três niveles de desenvolvimento:
  1. " Nível mais básico, relacionado com o conhecimento necessário para desenvolver a habilidade pretendida.
  2. Um segundo nível onde aplique esse conhecimento a determinadas situações complexas.
  3. Finalmente, um terceiro nível onde a pessoa seja capaz de integrar a dita destreza em sua vida."

Definir objetivos pedagógicos da matéria ...exemplo:

  • Debater,
  • Resumir e sintetizar sobre o tema,
  • Análises, habilidades de pensar sobre o tema da matéria,
  • Resultando na entrega de uma atividade em formato que atenda ao desenvolvimento de competências e objetivos pedagógicos: blog,  página web, wiki,  vídeo, PDF dissertação.....

Definir metodologia de ensino:


_ Teoria Conectivista de George Siemens, o aluno conectado a fontes de conhecimento, nodos....o aluno conectado a redes de especialistas, fóruns, etc...considerar a solidão.......

_Teoria do Construtivismo Social onde o papel do professor é tutor e do aluno de protagonista responsável do seu conhecimento na sociedade da informação. Geralmente são realizadas atividades em grupos, onde há debate e um aluno responde ao outro, enquanto que o professor modera o debate.

Em função dos objetivos pedagógicos, desenvolvimento de habilidades e competências, contexto do aluno e metodologia do ensino se escolhe a ferramenta TIC.

Teoria educativa sistema tradicional de transmitir conhecimento ( na minha opinião está descontextualizada da sociedade em rede, perdeu o sentido, o que todo mundo quer é produzir a informação e colocar na rede e ninguém tem paciência de ficar ouvindo um professor chato fazendo monólogo, se for um entusiasta do estilo, pelo menos colocar uns videos, links, multimédia para que o aluno consiga suportar a aula.

Competências docentes segundo Perrenoud: Tutor

Segundo (2011) A.B.L, Cobo I.L.,López I.G.y Huertas C.L , O professor define o tipo de atividade vai propor, a ordem, recursos didáticos, retroalimentação dos alunos dento do contexto social, econômico, etário, disponibilidade de tempo e recursos que tem seus alunos.

Novas competências docentes segundo Perrenoud citado en Cámara A.B.L, Cobo I.L.,López I.G.y Huertas C.L 2011,pag61 :

  • Organização e dinamização de situações de aprendizagem, 
  • Gestão dos progressos em aprendizagem, 
  • Emprego da tecnologia da informação e da comunicação, 
  • Implicar aos estudantes em sua aprendizagem e esforço, 
  • Colaboração no Trabalho em equipe,
  • Formação dos estudantes em trabalho em grupo, 
  • Afrontar os deveres e dilemas éticos da profissão,
  • Gestão de sua própria formação continua.
  • Avaliar os alunos: conferir se a avaliação tradicional é eficiente para valorar aspectos necessários no desenvolvimento das determinada competência a serem alcançadas.

Considerações Trabalhos em Grupos realizados na última hora:

Existe o risco de tornar os trabalhos em grupo uma encenação por parte do aluno, escola e professor:

-O trabalho vira uma etapa burocrática na ótica do aluno.
-Na ótica da universidade não contrata professores para fazer correções individuais ou e não treinar para acompanhamentos pode ser conveniente financeiramente.  
-Professor pode não querer essa função adicional de avaliar trabalho individual ou monitorar presença e sempre existe resistência ao novo.

Soluções para avaliação de participação em trabalho em grupo com as TIC:


  • O LMS tem localizador de IP, horário de acesso, frequência de todos envios.
  • A wikispace tem controle de aportação, horário de participação.
  • O Zohoo docs também tem data de visualização e aportação.
  • Solicitar esclarecimento divisão de funções, avaliação pessoal, do colega e sincronia do grupo.



Possíveis resultados de trabalhos feitos na última hora:

-Cultura de improvisação e dar um jeitinho. 
-Alimentando uma cultura de troca de favores. Solicitações de "poe meu nome no trabalho"
-Colcha de retalho, texto sem unidade do trabalho.


Teoricamente a sociedade aprende e um ensina convivendo por isso se faz grupos.
Mas nesse contexto os benefícios abaixo não podem ser realizados nas ultimas 24 horas:

-Organizar-se,
-Criar funções, 
-Definir funções, 
-Escolher alguma pra fazer, 
-Cumprir prazos, 
-Negociar significados, 
-Defender suas posições
-Aprender algo.

 É importante avaliar traço cultural,e fazer adaptação as teorias, considerando condutas sociais,  que podem impedir que a escola realize o seu papel na formação dos alunos de forma efetiva.

jueves, 11 de abril de 2013

domingo, 7 de abril de 2013

Como oferecer cursos de mestrados para todo o Brasil para resolver a falta de professores?

Necessitamos


Mão de obra qualificada:

  • Especialistas

  • Mestres e doutores

    Faltam professores especializados para formar profissionais que vão apoiar o crescimento econômico e a qualidade dos serviços em várias áreas.

Formação

  • Ofertas  de vagas mestrado em todo o país,

    Não adianta exigir que os professores tenham mestrado e doutorado e não oferecer vagas nas  localidades,
  • Cursos diferentes Áreas


Viabilidade Formação em Larga Escala:


  • Investimento Cursos mestrado e doutorado a distância nacionais reconhecidos CAPES.

    Os cursos para poderem ser considerados mestrado pelo Capes, necessitam de um quadro de professores com doutorado porém, fora das grandes cidades do Brasil é frequente faltar mão de obra qualificada em diferentes especialidades, então o que acaba ocorrendo é que em cidades fora do Sudeste é muito comum faltarem vagas de mestrado e doutorado.

    Uma das saídas para se qualificar mesmo vivendo em locais que não possuem ofertas de vagas em mestrados é fazer esses cursos a distância

Envie um pedido de avaliação a Comissão de Legislação Participativa a favor de:

  •  Convalidação de mestrado e doutorado a distância,
  • Investimento Cursos mestrado e doutorado a distância nacionais reconhecidos CAPES.
  • Sugira sua ideia.



Comissão de Legislação Participativa
Telefones: 3216-6692 / 6693
FAX: 3216-6699

Muito obrigada.



Educação: a distância e semipresencial

Resumo:

-Pontos positivos e negativos e-learning,
- Metadado: links,
-Padrão de standard scorm,
-Link introdução javascipt,
-Links recursos educativos digitalizados em português

.

metadado= arquivo com dados do autor, título junto com outro arquivo com o texto, livro, obra....utilizado no ensino a distância para catalogar objeto de aprendizagem em vários estandartes utilizados, objetivando reutilização do material.
 
height= Licença Creative Commons
Metadado de Denise Araujo é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.Baseado no trabalho em http://educacomtic.blogspot.com.br/.

Pontos Positivos: Educação a distância:


  • Ensino a distância apareceu como uma alternativa escalonável,

  • Que pode alcançar pessoas com dificuldade de deslocamento:

- Variação climática,
- Transporte, 
-Locais remotos,
-Deficiência física,
-Falta de tempo, 
-Maternidade,
-Formação continuada na empresa.

  • Redução de custos devido a reutilização do material:
    *No Blended Learning não existe redução de custo, é o mesmo gasto.

-Escolas podem compartilhar  recursos a distância:
.Professores,
.Módulos de exercícios,
.Assinaturas
.Cursos inteiros (com pequenas adaptações).



  • Recursos de Ensino a distância podem ajudar em todas as modalidades

    -O ensino a distância tem aproximadamente até 30% de presencialidade,
    -O ensino presencial tem até 30% de virtualidade,
    -Blended learning, aprendizagem mista ou ensino semi presencial tem entre aproximadamente de 30% a 70% de virtualidade.


  • Blended-learning é a melhor solução porque está contextualizado no mundo moderno, economiza transporte, faz uma mudança gradual, reduzindo o impacto e resistência a mudança e permite a interação com os companheiros.


Dificuldades na Educação a distância:


Isolamento: Consequências da redução do contato humano



-Solidão:
A sensação que o aluno tem  é que deixou de viver, tristeza
Dificulta a formação de laços e Network ( com possíveis indicações para trabalho)

-Tristeza
 É como se a vida passasse lá fora,

-Ansiedade,
Na aprendizagem colaborativa, os alunos aguardam respostas no fóruns,
 (Colegas demoram a responder ou não respondem e nem colaboram. Outro detalhe importante é algumas vezes os professores também não respondem...)


Individualismo x Construtivismo Social:



O modelo do construtivismo social utilizado até o momento, parece ignorar que temos uma cultura individualista e que colaborar no nosso caso não é uma coisa natural, temos que ser treinados para isso,


Ética



Deve educar para evitar o plagio e ter respeito pela produção intelectual desde de tenra idade....dando os créditos da produção acadêmica na bibliografia.



Alto Custo de Implementação



Equipe Multi Profissional

Implementar sistemas de ensino a distância tem alto custo, porque necessita de uma equipe multi profissional: desenhista gráfico, web-designer,  programador, professor especialista e desenhista instrucional.



Formação Professores



Pedagogia para aplicar as TIC



Recursos digitalizados no idioma do aluno:



Ter materiais digitalizados no idioma português é um problema que ainda temos nas comunidades de língua portuguesa, que está agravado porque utilizamos diferentes estandartes para catalogar esses materiais de aprendizagem nas bibliotecas digitais ( Repositórios ou Banco de Objetos).

Os conteúdos em português que não acabam de sincronizar porque não buscamos políticas para catalogar os objetos de mesma maneira.

Os governos que falam português deviam conversar sobre isso, nos interessa independente de nossas nacionalidades.





Metadado Links:

Para ser catalogado o objeto de aprendizagem necessita de um metadado ( dado do material: arquivo + sobre dado da catalogação) e a forma de catalogar o objeto de aprendizagem varia de acordo com o estandarte utilizado em cada país.

No Brasil utilizamos o padrão Scorm (Sharable Content Object Reference Model) para catalogar os objetos de aprendizagem utilizados na página educativa, ver mais nas páginas abaixo:


http://www.cinted.ufrgs.br/ppt/interopObjEduc/sld064.htm


Recomendável Noções de Progamação:


Se você está interessado em aprender sobre html, linguagem para fazer sua página web e javascript que é utilizado no SCORM assista: ao canal de vídeo aula de programação:
 javascript do http://youtu.be/_7ie26Ami3w ou

http://youtu.be/x8BTTatMClE.


http://www.youtube.com/user/JLDRPT/videos?sort=dd&tag_id=&shelf_index=2&view=1
O canal de programação do João Ribeiro

http://www.codecademy.com/pt/learn
Aprender a programar


Recursos educativos digitalizados ajudam na educação dos povos de língua portuguesa:















jueves, 4 de abril de 2013

Importância ensino a distancia - formação continuada, material digitalizado PT, site educativo LMS e aplicativos móveis


Licença Creative Commons
Formacao_continuada_professores de Denise Araujo é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.Baseado no trabalho em http://educacomtic.blogspot.com.br/.

Existe uma grande dificuldade em manter uma qualidade na formação dos professores, porque isso demanda profissionais altamente qualificados dando suporte em áreas geográficas distantes, em uma gama de horários muito diversos em um pais com dimensões territoriais tão vasta.

Uma solução para levar o acesso a formação continuada a professores de todas as áreas é o ensino a distancia, que superadas as dificuldades de acesso a internet( conexão de banda larga+ equipamentos+alfabetização digital), passa a ser uma solução bastante viável para ensino em larga escala.

Um exemplo é a plataforma utilizada no Rio de janeiro http://www.educopedia.com.br/Login.aspx que oferece gratuitamente apoio para professores e  alunos.

Dispor de material digitalizado no idioma português é uma grande dificuldade das comunidades que falam português na rede, por isso todas as iniciativas brasileiras deveriam permitir a inscrição pública ou pelo menos ser extensiva a todos os brasileiros.

Incentivar a produção de material educativo pelos alunos é uma forma de contextualizar os materiais, incentivar a cultura colaborativa, falar sobre a propriedade intelectual, oportunidade de discutir sobre ética e moral na rede, incentivar a lei que apoia materiais livres de direitos autorais,ensinar a pensar, incentivar o aluno no conhecimento exploratório, incentivar a leitura, escutar as soluções dadas pela comunidade que as utiliza, centrar o ensino no aluno.

A sociedade da comunicação e informação tem como consequência o trabalho colaborativo, demandando uma hierarquia horizontal, onde o professor não detêm o conhecimento, ele faz uma tutoria, mostrando ao aluno como pesquisar, dando referencias bibliográficas, mostrando como filtrar a informação, na sociedade da informação aprendem as instituições e os alunos. quais são as competências que necessitamos desenvolver nos nossos alunos para exercer sua cidadania?

Reutilizar materiais  na internet é uma forma adotar a participação social, de baixar custo na distribuição do material educativo em larga escala, disponibilizar esses materiais universalmente, é uma forma de contribuir para a educação nas comunidades que falam português e nosso fortalecimento cultural.

Como se faz? Se faz um material base, catalogado em uma biblioteca com o máximo de definições que seguem um padrão estandardizado  e esse material é incluído nos planos de ensino, quanto mais possa ser reutilizado um material, mais importante ele é para a sociedade em rede.

O sistema de catalogação do material utilizado digitalizado no Brasil se chama SCORM e depende de linguagem de programação para ser catalogado. Ter um estandarte facilita a reutilização do material.

Plataformas que armazenam material digitalizado se chamam banco de objetos e são fundamental suporte para o ensino a distancia e podem ser citadas com link direto dos websites educativos feitos como programas como Moodle, onde se armazenam e organizam os cursos.

Como brasileira espero que tenhamos mais iniciativas como  a plataforma utilizada no Rio de janeiro,http://www.educopedia.com.br/Login.aspx .
Espero também que pensemos na importância de nossas ações para a comunidade internacional que falam português  porque necessitamos aumentar a quantidade de recursos digitalizados que possam contribuir em todas as especialidades para nosso crescimento e trabalho e cidadania. 



Novos aplicativos móveis para o ensino e aprendizagem estão surgindo constantemente:


http://wcet.wiche.edu/learn/mobile-app

Vídeo comentado - Caso Finlandês x Brasil

Precisamos de um modelo brasileiro adaptado a diversidade


É importante considerar que o contexto da Finlândia é muito diferente do Brasil, por isso a receita aplicada tem que sofrer a versão de cada contexto sociocultural, porém  é importante citar o sistema com os melhores resultados do planeta.



-Quinto pais com menos corrupção do mundo, com 50% do salario do cidadão investido socialmente. x Brasil tem altos níveis de corrupção.

-Melhores salários, atraindo os melhores profissionais por concurso, com mestrado. x Brasil o salário do professor é de R$.1.300,00/ 430 euros ou 650$ aproximadamente.

-O professor é muito qualificado, motivado por alto salario e prestigio social x Brasil professor desqualificado, desmotivado e desprestigiado socialmente.

-Formação continuada permanente, x Brasil fez alguns cursos de pós-graduação à distancia que podem ter acesso professores vinculados a rede publica de ensino e os professores das redes privadas não tem acesso.

-Professores com dedicação integral . Ex Brasileiro:colégio Pedro Segundo do Rio de Janeiro. x Brasil geralmente os professores trabalham por horas em redes privadas e não tem tempo de pesquisa e preparação da aula, porque se pensa a educação como uma industria.

-Mais tempo para o docente pesquisar e atualizar. x Brasil não ha tempo para pesquisar, aprender e aplicar as inovações.

-O professor respeita a um currículo básico determinado pelo governo, que garante aos cidadãos de todas as partes do pais e níveis sociais a mesma base, x Brasil, grande desnível entre as escolas e formação entre classes sociais e regiões porque o ensino de "qualidade" é privado e existe uma diversidade enorme os recursos que possui cada aluno. Inclusive o capital sociocultural da família da suporte a escola ou não.

-Sistema baseado na confiança, e competência dos professores, que tem grande liberdade para adaptar novas soluções as necessidades socioeconômicas de cada região. x Professor tem pouca flexibilidade e pouca preparação e apoio para desenvolver novas competências. Ciclo vicioso, ganha mais, trabalha mais horas, tem menos tempo, prepara aulas piores, tem menos tempo e recursos para a pesquisa.

-Reavaliação regular dos professores por parte de banca de universitários em pedagogia, que observam e fazem críticas regulares as aulas, sugerindo soluções de melhoria da qualidade, o que fariam diferente como trabalhadores do conhecimento. x Brasil , não existe contato entre as universidades e os professores e não se pode exigir a qualidade que não tem apoio e recursos para implementar.

-As salas com até 20 estudantes. x Brasil sala com até 30/40 alunos.

-Suporte plataforma de aprendizagem ( learning manager sistem-LMS, exemplo plataformas Moodle , AtutorblackboardSabaClarolineDokeos. x Brasil nem sempre superou os requisitos de acesso as novas tecnologias ( equipamentos, acesso a Internet banda larga, suporte técnico, material digitalizado funcionando, acessível ) e  formação professores.

-A educação é gratuita. x Brasil a educação gratuita foi esvaziada na ditadura e incentivado educação como produto comercializável, e temos como solução a escola privada. Porém o capital privado, caso não esteja vinculado diretamente com a educação não contribui com ela.

-Temáticas atuais,incentivando a leitura, utiliza uma estrutura menos transmissiva e mais exploratória x Brasil ensino mais transmissivo. O professor como detentor do saber. * Com o advento da Internet esse conceito urge em resolver.

-Autoavaliação é feita pelo aluno, conta no total e as provas dadas pelo professor tem pouco valor x Brasil o professor avalia por provas que geralmente são memorísticas e preparam para o ENEM.

-Suporte para os alunos com dificuldade por equipe multiprofissional (psicólogos, professores,...) x dependendo da situação teremos que utilizar os estádios de futebol para dar aula.

*A boa notícia é que o importante é o professor e os muros da escola com a Internet tendem a ser "suavizados"

-Politica é nunca reprovar, é dado toda o apoio para o aluno alcançar dentro da instituição os níveis mínimos esperados. x Brasil geralmente não tem como apoiar o aluno que não aprendeu o teve dificuldade.

-Iguais condições de recursos educativos, mesmo que o nível sociocultural da família não permita dar apoio ao estudante, a alimentação material, conexão, equipamentos são oferecidos pela escola. No Brasil as condições dos alunos podem ser muito diferentes em todos os aspectos afetando o resultado final enormemente.

-A estrutura da educação na Finlândia leva a curso de formação técnica que pode ser um caminho para formação universitária,o sistema educativo europeu é integrado.x No Brasil o sistema educativo não é integrado, um curso profissionalizante não é uma porta pra faculdade.

-O modelo social está dissociado de modelos de consumo, os alunos buscam a formação vocacional técnica. x No Brasil nem sempre o cidadão alcança as condições minimas para suplantar a brecha digital e utilizar as Tecnologias a seu favor na sua vida.  Os cidadãos que conseguem nível escolar suficiente tem que escolher as áreas que pagam o suficiente para manter sua dignidade e por exemplo ser professor não está incluído nessa categoria. Ex: faz pedagogia e vai ser representante comercial, comerciante,...
O social passa a ser definido pela capacidade de consumir. Então existe falta de professores e falta de profissionais atualizados.

-As barreiras da conexão a Internet foram superadas, dentro e fora da escola e o direito a internet é um direito do cidadão de fato x No Brasil nem todos tem acesso a Internet, apesar que a classe c, cada dia mais tem acesso a equipamentos móveis e cybercafé, não tem as mesmas condições que as classes B e A.

-A escola incentiva a não memorizar , mas a fazer uso do conhecimento. x No Brasil existe a necessidade de preparar para o ENEM que privilegia a memorização.

-O sistema se baseia na confiança, cooperação, dando liberdade de decisão a alunos e professores. x Brasil é regido pela lógica do afeto, a ética e o compromisso com a moral é muito flexível e pressionada por fortes discrepâncias socioculturais.

A cultura é de tirar vantagens, improvisar e transgredir os sistemas e a lei, tentando assim alcançar os recursos  e mesmo quando se alcança um patamar mínimo, existe uma lógica de acumulação de riqueza e consumo, que faz sentido já que a assistência social não funciona bem.
Sendo assim a confiança e a cooperação e os trabalhos em grupo ficam comprometidos, pela crise moral  e pode culminar em conflito quando essa falta de fraternidade tenta impor valores, sem que esteja envolvido afeto que ameniza os conflitos étnicos, econômicos e sociais.
Quanto mais emocional mais ressentido, e menos resistente a críticas. Isso acontece muito na comunicação de massa e nas redes sociais....se alguém fala alguma coisa que discorda, já fica todo mundo ofendido e dai gera uma conflito relacionado com a falta de tolerância a diversidade e quer proibir, tirar do ar.
*Quanto mais ao Nordeste, mais emocional e ao Sul mais racional.

-Estamos falando de administração escolar mais horizontal em um sistema onde a sociedade da comunicação e informação trabalha em cooperação para construir soluções. x Brasil trabalhamos com escolas particulares comprometidas com o lucro, pressionando os salários para baixo, exigindo tempo lucrativo dos professores e reduzindo o tempo e investimento em formação e pesquisa. "O capital organiza e é a lei de estruturação do valor." "citado em aula magna da UFF por Muniz Sodré de Marx. Organização mais horizontal.

-A escola ensina ao cidadão a pensar, concentrar, pesquisar, falar, negociar, cooperar, encontrar soluções redesenhar a educação, preparando o aluno para trabalho e cidadania. x Brasil a escola não nem sempre consegue ensinar o aluno a entender o que leu e interpretar e contextualizar isso social e politicamente e existe uma separação cada dia mais gritante entre os digitalmente alfabetizados e os não alfabetizados ( Brecha digital).



Bibliografia: http://youtu.be/5YBNi4drU34

lunes, 1 de abril de 2013

Modelo tecnologia e ensino individualizado

Modernização da Escola

Instalada na Favela da Rocinha e com planos de expansão, projeto pioneiro de escola municipal com parceria privada tem salas sem paredes ou divisão por séries. Materia disponível em:

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,novo-modelo-de-escola-no-rio-aposta-em-tecnologia-e-ensino-individualizado,1015075,0.htm

Site oferece vagas para professor ou buscar professores substitutos disponíveis

Lei segurança Internet

Decreto-Lei 2.848 de 1940 (o Código Penal) agora possui tópicos sobre violação de equipamentos e sistemas - sejam eles conectados ou não à internet - com intenção de destruir dados ou informações, ou instalar vulnerabilidades. Artigo Disponivel em:
http://olhardigital.uol.com.br/negocios/seguranca/noticias/lei-carolina-dieckmann-entra-em-vigor-amanha;-entenda-o-que-muda