jueves, 10 de octubre de 2013

Índice

Escrever Internet

  • Título+ resumo+ Imagem com legenda explicativa+subtitulo

10 de outubro de 2013

Modelo de Desenho Pedagógico ADDIE

  • Explicação do Modelo Design Instrucional ADDIE
  • Imagens Instrucional Design: ADDIE,ASSURE,Prototipação Rápida,4C/ID

20 de junho de 2013

Projetando Ambientes de Aprendizagem Virtual

  • Usabilidade e Acessibilidade,
  • Plataformas de Aprendizagem
  • Programas LMS- Learning Manager System
  • Ferramentas Negociação

27 de mayo de 2013

Digitalizar informação - implicações

  • O vídeo com legenda beta youtube, fala sobre como estamos produzindo dados digitalizados e isso está sendo utilizado para gerar riquezas para terceiros.
  • Soluções para quem concorda e discorda.

18 de mayo de 2013

Educar para liberdade

  • Esse vídeo aborda a manipulação do medo pela imprensa, governo e poderes econômicos.
  • Considerem Pensamento Sistêmico Redes biológicas e Sociedade em rede

18 de mayo de 2013

Formação Professores

  • Cursos de pós-graduação reconhecidos MEC
  • Cursos de Mestrado e Doutorado Reconhecidos
  • Learning Long Life: Lista discurssão, redes e MOOC
  • O que os usuários estão dizendo dos cursos gratuítos MOOCS

9 de mayo de 2013

Bibliotecas Digitais

  • Links

9 de mayo de 2013

Comunidade Professores Microsoft

  • Softwares e ferramentas gratuitas para envolver os alunos em sala de aula
  • Conheça centenas de tutoriais criados por educadores para melhorar o desempenho dos alunos em atividades de aprendizagem
  • Contribua para a conversa global sobre educação e tecnologia

7 de mayo de 2013

Nove Principios fazer Joi Ito

  • Dicas para comportamento colaborativo

6 de mayo de 2013

Aprender e ensinar na Internet

  • Contexto da cooperação nas redes
  • Pesquisa de aplicação das TIC com 56 professores do ensino privado em Maceió. Tópicos da Pesquisa:
  • IDADE,SEXO, Área de formação professores, Necessidade de software para aplicar as TIC, Professores possuem blog, wiki ou home page? Principais Problemas inserir TIC, Necessidade de formação na ótica do professor, Possuiam outro trabalho, Contratação por horas trabalhadas, Quais principais TIC utilizam com seus alunos,  Teorias Utilizadas, Entender Conectivismo, TIC melhora a aula, Dificuldades de Aplicação TIC, Necessidade de formar professores, Construtivismo na prática, Rotatividade dos professores, Avaliação dos alunos,

Novas formas de Avaliar

,

    Utilizar TIC: Escolher teoria educativa+ modelo de desenho instrucional + escolher TIC = Utilizar TIC,

    Conclusão: Os professores necessitam de treinamento e a escola se adaptar a vida em rede,
    Tabulação dos dados da pesquisa no excel

3 de mayo de 2013


Porque tecnologia na educação?

  • O que é TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação?
    EX:link imagem
  • Revolução Industrial
  • Demandas Era digital
  • Competências WEB 2.0
  • Estrutura escolar

21 de abril de 2013

Receita para aplicar tecnologia da informação e comunicação na aula

  • Identificar necessidades dos alunos para exercer sua cidadania:
  • Alfabetização digital
  • Definir objetivos pedagógicos da matéria ...exemplo:
  • Definir metodologia de ensino:
  • -Teoria Conectivista -Teoria do Construtivismo Social -Em função dos objetivos pedagógicos, desenvolvimento de habilidades e competências, contexto do aluno e metodologia do ensino se escolhe a ferramenta TIC.
  • Competências docentes segundo Perrenoud: Tutor
  • Considerações Trabalhos em Grupos no ensino
  • Soluções para avaliação de participação nos trabalhos em grupo com as TIC

21 de abril de 2013


Qualificar professores para utilizar as tecnologias na Educação.

  • Vídeo 02:45 
  • As tecnologias da Informação e Comunicação tem sido utilizadas a serviço de velhas metodologias 


11 de abril de 2013

Como oferecer cursos de mestrados para todo o Brasil para resolver a falta de professores?

  • Realização e/ou convalidação de mestrado e doutorado a distância. 
  • Participe individualmente enviando um pedido de avaliação a Comissão de Legislação Participativa


    7 de abril de 2013

    Educação: a distância e semipresencial

    • Pontos positivos e negativos e-learning,
    • Metadado: links,
    • Padrão de standard scorm
    • Link introdução javascipt,
    • Links recursos educativos digitalizados em português


    7 de abril de 2013


    Importância ensino a distancia - formação continuada, material digitalizado PT, site educativo LMS


    4 de abril de 2013


    Vídeo comentado - Caso Finlandês x Brasil

    • Vídeo 1h:02

    Precisamos de um modelo brasileiro adaptado a diversidade


    É importante considerar que o contexto da Finlândia é muito diferente do Brasil, por isso a receita aplicada tem que sofrer a versão de cada contexto sociocultural, porém  é importante citar o sistema com os melhores resultados do planeta.


    4 de abril de 2013


    Modelo tecnologia e ensino individualizado

    • Link Caso Favela da Rocinha

     Site oferece vaga para professor ou professores substitutos disponíveis

    • www.pegaaula.com.br


    1 de abril de 2013



    Integrando as TIC na educação

    • web 1.0
    • web 2.0 "Prosumers"
    • Necessidade escola sincronizar pedagogia e comunicação no âmbito tecnológico
    • Repensar o papel da escola:
    • Identificando as competências os alunos precisam desenvolver para exercer sua cidadania, Identificando Competências professores, Disponibilizando material digitalizado, Qualificando os professores e alunos,Políticas das instituições de ensino e dos governos para favorecer o financiamento e barateamento de equipamentos com conexão a internet, Facilitando o acesso a internet:


    28 de marzo de 2013

    Escrever Internet

    Título+ resumo+ Imagem com legenda explicativa+subtitulo



    Considerar:

    • Usar marcação de texto: pontos, números, espaços em branco
    • O menos importante no final: Técnica da pirâmide invertida
    • Seus objetivos pedagógicos-teoria de aprendizagem-eleger veiculo- adequar linguagem
    • Público, contexto de acesso: Quem,onde,quando, com que equipamento, porque.


    Bibliografias Recomendadas em inglês:

    jueves, 20 de junio de 2013

    Modelo Desenho Instrucional

     Modelo de Design Pedagógico ADDIE

    Orienta a construção e aperfeiçoamento dos cursos de e-learning, blended-learning e plataformas de apoio a ensino presencial.

    A-Analise

    • Sexo,
    • Idade,
    • Nível de alfabetização informática,
    • Localização,
    • Cultura,
    • Idioma,
    • Expectativas,
    • Necessidades,
    • Conhecimentos Prévios,
    • Potenciais acessos a recursos necessários
      -Equipamentos
      -Conexão
      -Software
      -Manutenção do equipamento
    • Competências e atividades que precisam desenvolver 

    Entrevistas, opiniões de usuários,.....

    D-Desenho


    • Seleção de Ambiente- Considerando:
    • Recursos humanos,
    • Formação de Professores,
    • Tecnológicos,
    • Acesso dos estudantes a computadores,
    • Programas,
    • Materiais,
    • Lições,
    • Módulos,
    • Nível de Alfabetização Informática,
    • Objetivos Pedagógicos,
    • Suporte,
    • Seleciona Material TIC ou
    • Desenhar materiais com linguagem coerente ao meio.
    • Ficha Técnica ( o que tem que desenvolver, tempo, peso do arquivo,....)
    • Story board ( história em quadrinhos)


    D- Desenvolvimento


    • Selecionar material a ser utilizado no meio elegido,
    • Desenhar material - Características:
      -Simplicidade,
      -Didática ( evitar elementos de distração)
      -Dinamicidade ( Ponto de vista funcional, imaginativo e dinâmico)
      -Legibilidade-Usabilidade, tipologia, cor....
      -Interatividade- Existem vários níveis
      -Hipertextualidade- Links com até 4 níveis de profundidade.
      -Flexibilidade de acesso ao conteúdo. (Design Responsivo, que responde a vários formatos)
    • Materiais em formatos variados livres e acessíveis
    • Internet proporcionando experiência

            -exploratória,
            -criativa e
            -inovadora.

    • Atividades que possibilite ambiente social de apoio-Sociedade do Conhecimento.

            -Trabalho colaborativo
            -Cooperativo
            -Material Objetivo

    • Protótipos


    I- Implementação


    • Duplicar e distribuir os materiais,
    • Implantar cursos,
    • Resolver Problemas Técnicos,
    • Discutir Planos alternativos.

    E - Avaliação

    Planificação de Avaliação Regular dos Estudantes,
    Desenvolvimento de Provas seguindo estandartes institucionais,
    Implantações de Provas e Avaliações,
    Avaliação continua,
    Desenvolver avaliação para o curso, professores e instituição


    Existem Vários modelos de desenho instrucional: 4C/ID, Prototipagem Rápida, ASSURE, ,....










    lunes, 27 de mayo de 2013

    Projetando Ambientes de Aprendizagem Virtual


    Programadores considerem os temas abaixo. Os alunos agradecem.:

    Usabilidade e Acessibilidade



               www.governoeletronico.gov.br / ...e... / Download


    •   Nielsen pai da usabilidade: Artigos divididos por temas.

               http://www.nngroup.com/articles/usability-101-introduction-to-usability/








    Plataformas de Aprendizagem


    • Criação do Ambiente Virtual de Aprendizagem com Redu
               http://youtu.be/qtRhc-B5qFA

    • Coursesite
              https://pt.coursesites.com/webapps/Bb-sites-course-creation-BBLEARN/pages/index.html

    Programas LMS- Learning Manager System









    Ferramentas Negociação

    http://www.knowledgeforum.com/ Fórum Conhecimento é um espaço de trabalho do grupo eletrônico projetado para apoiar o processo de construção do conhecimento. Com o Fórum do Conhecimento, qualquer número de indivíduos e grupos podem compartilhar informações, inicie investigações colaborativas e construir redes de novas idéias.

    http://sourceforge.net/projects/academictalk/
    AcademicTalk, para discussão em grupo síncrono, argumentação e conferência com uma interface apoiar o pensamento de ordem superior. Uma ferramenta flexível e configurável, que pode ser adaptado a determinados contextos e problemas na educação.

    http://www.negotiationtool.com/
     Software , ferramenta de negociação está pronto para uso experimental.

    http://fle3.uiah.fi/
    Fle3 é um ambiente de aprendizagem baseado na web. Para ser mais específico Fle3 é um software servidor para computador aprendizagem colaborativa (CSCL). Fle3 é Open Source e Software Livre liberado sob a GNU General Public Licence (GPL). A licença é proteger a sua liberdade de usar, modificar e distribuir Fle3.

    https://public.bscw.de/pub/
     Para negócios ou uso pessoal - BSCW é o n ° 1 plataforma de cooperação público na Internet. -Compartilhe documentos com segurança na web. -Organizar o trabalho de sua equipe. -Cooperar de forma eficiente.

    http://bscl.fit.fraunhofer.de/
    Synergeia é projetado para apoiar a construção colaborativa de conhecimento nas salas de aula das escolas. Ele fornece um, espaço de trabalho baseado na web compartilhada estruturada em que a aprendizagem colaborativa pode acontecer, documentos e idéias podem ser compartilhados, discussões podem ser armazenados e artefatos de conhecimento podem ser desenvolvidos e apresentados.

    Considerem no post do dia 3 de mayo de 2013, o subtítulo Novas formas de avaliar.

    sábado, 18 de mayo de 2013

    Digitalizar informação - implicações.



    O vídeo com legenda beta youtube, fala sobre como estamos produzindo dados digitalizados e isso está sendo utilizado para gerar riquezas para terceiros.

    Soluções para quem concorda com vídeo:


    Soluções para quem concorda sobre a necessidade de material em português livre:

     Por outro lado temos a necessidade de material digitalizado em todos os idiomas, preferencialmente no caso Brasileiro catalogado como objeto de aprendizagem SCORM:

    http://creativecommons.org/
    http://creativecommons.org.br/

     Quem cataloga objeto de aprendizagem SCORM?

    • Bibliotecários,
    • Programadores e
    • Deveriam ser pelos pedagogos... para isso necessitamos formação mais tecnicista.

    Que tipo de material se cataloga como objeto de aprendizagem SCORM?


    • Livros,
    • Dissertações,
    • Flash,
    • Som,
    • Todos os formatos.


    Para que catalogar o material educativo como objeto SCORM?


    • Localização da pesquisa
    • Divulgar a pesquisa nacional,
    • Instituições,
    • Professores,
    • Acesso livre ao conhecimento,
    • Em regiões com pouco incentivo a pesquisa.

    Educar para liberdade.



    Esse vídeo aborda a manipulação do medo pela imprensa, governo e poderes econômicos.



    • Na primeira parte o vídeo fala de teologia, 
    • Na segunda da exemplo de como o atentado das torres nos EUA  e no final se fala de economia. 
    • Finaliza em como a nanotecnologia e chips vão ser utilizados para que sejamos controlados.
      Alguns artigos sobre conexão homem máquinas e chips- M2M


    Considerem como soluções:






    jueves, 9 de mayo de 2013

    Formação Professores

    Cursos de pós-graduação reconhecidos MEC 



    Cursos de Mestrado e Doutorado Reconhecidos Capes 


    Mestrado a Distancia de letras e matemática CAPES

    http://www.capes.gov.br/educacao-a-distancia/profletras
    http://www.capes.gov.br/educacao-a-distancia/profmat

    MBA em Engenharia e Inovação on-line gratis 
    Programa de certificação opcional pago no Centro Universitário UniSEB

    A novidade, que já vínhamos anunciando há algum tempo, são os serviços pagos que começamos a oferecer a partir de agora. O MBA em Engenharia e Inovação conta com um programa pago de certificação. Esse programa inclui uma série de benefícios e serviços para ajudar candidatos a obterem um certificado válido pelo Ministério da Educação a atingirem seus objetivos.

    O Centro Universitário UniSEB é nosso parceiro no programa de certificação. O UniSEB é reconhecido como um dos melhores provedores de serviços em educação a distância no país. Por meio da instituição, o Veduca pode oferecer tutoria e orientação individual em cada uma das disciplinas e para a realização do TCC para os alunos que optarem pela certificação. Cada disciplina conta com um professor responsável, docente do UniSEB, com mestrado ou doutorado, além de tutores que auxiliarão os estudantes sempre que necessário, por meio de fórum e chat. O UniSEB também provê a infraestrutura necessária para o processo de certificação. Há mais de 200 polos no Brasil para realização de provas presenciais e defesa de TCC dos candidatos à certificação. Saiba mais detalhes acessando aqui nossa página do Programa de Certificação.

    Learning Long Life

    Formação ao Longo da Vida 



    Listas de discussão e comunidades



    MOOC ( reconhecido no Brasil)

    http://veduca.com.br/browse/certified
    Bionergetica UNB 16horas
    Probabilidade e Estatistica USP 21horas
    Física Básica USP 15 horas
    Capacitação em Adwords  Google 6 horas
    Ciência Politica

    MOOC ( não reconhecido no Brasil)




    • Cursos Gratuitos UNED Espanha
      -Alemán para hispanohablantes: nociones fundamentales (2ª ed.)
      -Bases de circuitos y electrónica práctica (2ª ed.)
      -Competencias transversales del emprendedor (2ª ed.)
      -Curso práctico de Comercio Electrónico: descubriendo el canal de venta online (2ª ed.)
      -Curso práctico de uso de Open Data: oportunidades de negocio ligadas a los datos en abierto (2ª ed.)
      -El Estado del Bienestar (2ª ed.)
      -Empieza con el inglés: aprende las mil palabras más usadas y sus posibilidades comunicativas (2ª ed.)
      -Emprendimiento e Innovación Social (2ª ed.)
      -Grandes obras del arte español del Renacimiento y el Barroco en su contexto internacional (2ª ed.)
      -IBERVIRTUAL COMA: Competencias digitales básicas (2ª ed.)
      -Inglés Profesional / Professional English (2ª ed.)
      -La Contabilidad, el lenguaje de los negocios (2ª ed.)
      -La felicidad, la economía y la práctica empresarial (2ª ed.)
      -La función recursos humanos en las Entidades No Lucrativas. La gestión por competencias
      -La Responsabilidad Social Corporativa: Ruta a la Sostenibilidad (2ª ed.)
      -La tutoría en la escuela (2ª ed.)
      -Lógica y Usos (2ª ed.)
      -Mini-vídeos docentes modulares: un elemento crítico en el diseño de un MOOC (2ª ed.)
      -Organizaciones No Lucrativas en la Sociedad-Red: análisis y retos
      -Química Analítica Básica (2ª ed.)
      -TICs para enseñar y aprender (2ª ed.)
      -España+Francia+Cerca I
      -España+Francia+Cerca II
      -rimeros pasos para Emprender: Oportunidades y tendencias de negocio
      -Herramientas de apoyo para emprendedores en la Región de Tarapacá




    • Universidade Portugal
      http://imooc.uab.pt/
      "As alterações climáticas: o contexto das experiências de vida"

    • http://veduca.com.br/
      Cursos organizados USP  gratuitos, alguns vídeos legendados em português que foram realizados por várias instituições. A maioria dos cursos não tem certificação.
      Vendem diplomas com provas presenciais em instituições credenciadas já disponíveis para física, bioenergética e probabilidade estatística e MBA de Engenharia e Inovação
    https://iversity.org/courses




    • https://www.udacity.com/
      Html5 para jogos, estatística básica, algebra básica,Introdução a ciencia da computação...




    • O canal de tutoriais de programação do João Ribeiro
      *Buscar a lista de reprodução da linguagem desejada.
      http://www.youtube.com/user/JLDRPT/videos?sort=dd&tag_id=&shelf_index=2&view=1

    • Cursos Oferecem certificado, vídeos transcritos são traduzidos por google Chrome. Universidade Australiana. Explicam os pré-requisitos:
      www.open2study.com
      -Educação em mundo de mudanças,
      -Agricultura e do mundo em que vivemos,
      -Astronomia: Descobrindo o universo,
      -Física Básica,
      -Química: Blocos de construção do Mundo,
      -Mudanças Climáticas.
      -Conceito de desenvolvimento de Jogos,
      -Diagnosticar Saúde financeira da empresa,
      -Alfabetização financeira,
      -Planejamento Financeiro,
      -Alimentação Nutrição e sua Saúde,
      -Inovação Para resultados poderosos,
      -Introdução para Negócios na Ásia,
      -Introdução a Enfermagem em Saúde,
      -Gestão de vantagem competitiva,
      -Publicidade On line,
      -Princípios de Gestão de Projetos,
      -Compreendendo as Origens do Crime,
      -Tornando-se um treinador confiante,
      -Educação Infantil,
      -Ensinar alunos adultos,
      -Esporte Recreação e Gestão,
      -Escrever para web,
      -Experiencia do Usuário para Web: Usabilidade,
      -Webdata.


    • Curso Great Big Ideas: É uma pesquisa de doze grandes áreas Psicologia, Economia, Investigação Biomédica, Lingüística, História, Filosofia Política, Globalização, Investir.
      O curso é uma cartilha com uma abordagem interdisciplinar nos diversos modos de resolução de problemas essenciais para o sucesso no século 21.
      http://www.floatinguniversity.com/



    A Fundação Lemann firmou uma parceria com o Coursera para traduzir o conteúdo da plataforma para o português. Por enquanto, serão traduzidos 12 cursos




    -Mecânica Quântica e Computação Quântica -BerkeleyX
    A simples introdução conceitual para a mecânica quântica e computação quântica.

    -Saúde e Sociedade -HarvardX
    Uma introdução às principais variáveis ​​sociais que afetam a saúde.


    -Idéias do século XX- UT AustinX
    Como é que a filosofia, arte, literatura, história e forma o último século e no mundo de hoje? É a 20th Century neste curso instigante.


    -A Global de História da Arquitetura -MITX
    Começando com primeiras sociedades e estendendo-se até o século 15, o curso tem como objetivo fornecer uma visão global, com foco em momentos de arquitetura.


    -Economia Comportamental em Ação-Universidade de TorontoX
    Princípios e métodos de economia comportamental para mudar comportamentos, melhorar o bem-estar e criar melhores produtos e políticas.

    -Dynamics neuronais-EPFLx
    CÉREBROS! Este curso fornece uma introdução ao campo da neurociência teórica e computacional com foco em modelos de neurônios individuais.




    Vantagens dos MOOCS

    • Movimento acesso livre educação científica.

    • Divulgação instituições de ensino superior, docentes e pesquisas.

    • Propicia educação em larga escala.

    • Forma potencias leitores a consumirem cultura.

    • Ajuda a superar os desníveis culturais entre as regiões e melhora a formação e capacitação.
    OBS: Educação não reconhecida pelo MEC brasileiro.


    O que os usuários estão dizendo dos cursos-Blog


    VII COLÓQUIO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO-Rio de Janeiro
    http://www.proped.pro.br/upload/anexos/PrimeiraChamadaVIICIFE.pdf

    Bibliotecas Digitais













































    martes, 7 de mayo de 2013

    Comunidade Professores Microsoft


    • Softwares e ferramentas gratuitas para envolver os alunos em sala de aula
    • Conheça centenas de tutoriais criados por educadores para melhorar o desempenho dos alunos em atividades de aprendizagem
    • Contribua para a conversa global sobre educação e tecnologia

     http://www.pil-network.com/signin?returnUrl=http%3A//www.pil-network.com/Resources/Tools/Details/9db2ca32-098d-40ad-a4c4-d236d50bd4dc&utm_source=email_marketing&utm_admin=10678&utm_medium=email&utm_campaign=Learning_S#

    viernes, 3 de mayo de 2013

    Aprender e ensinar na Internet

    As sociedades se organizam em redes, nessas redes se prospectam valores, significados, informação e nós podemos utilizar essas redes para influenciar a sociedade de forma que ela seja sustentável assim como ocorre na natureza, na ecologia, nas redes pode haver a cooperação entre o estado as corporações e as populações que atuam nas ONGS, em comunidades, como por exemplo nos protestos no AVAz, change.org. Segundo Fritjof Capra, em redes sociais como um padrão unificador disponível em youtube.

    O modelo de cooperação que as redes demandam, as soluções nascem da inteligencia coletiva e partem de uma forma de organização mais horizontal e menos hierárquica. Isso significa que as universidades divididas em setores não favorecem a interdisciplinaridade necessária para buscar uma solução dos problemas que pode vim de qualquer direção.

    Para que as empresas e o estado e a população busquem soluções , todos precisam ter escolaridade e uma alfabetização digital, precisam saber buscar, selecionar, filtrar, e utilizar os recursos a seu favor, utilizando não a lógica do sistema industrial, mas a lógica cooperativa, a lógica das redes biológicas. Livro plano B.( explica passos básicos para redesenhar a sociedade, citado por Fritjof Capra.

     Fritjof Capra tem pesquisas que aplicando o ensino do estudo das redes biológicas e modelos naturais entre jovens se conseguiu uma redução da violência em escolas da Colômbia. É autor de um livro que se chama as conexões ocultas e treina professores nessa área.

    Pesquisa professores sobre a utilização das TIC ensino superior


    .  Os professores para formar a sociedade necessitam formação multidisciplinar e inclusive para utilizar as TIC , como mostram as imagens abaixo que foram tiradas de uma pesquisa sobre a utilização das TIC em uma instituição de ensino superior privada no estado de Alagoas na cidade de  Maceió. Como mostra a pesquisa a formação dos professores não acontece.(existe universidade com essa especialidade)

    Questões relacionadas:


    Investimento que se quer evitar?

    Se as pessoas conseguirem utilizar as TIC a seu favor serão menos manejáveis?

    Porque se as pessoas se conectarem terão força política?

    Porque as instituições de ensino são muito verticais e isso não combina com os modelos utilizados atualmente?, exemplo das empresas de software que tem organização administrativa horizontal.

    A dificuldade de soluções multidisciplinares em Universidades setorizadas?

    Não existe gente qualificada?

    Não é fácil encontrar um horário que os professores estejam disponíveis?

    Abaixo imagens conseguidas através de pesquisa mista, feita com 56 professores de instituição privada de ensino superior em Maceió no ano de 2013.

    IDADE






























    59% dos professores tinha de 25 a 35 anos.


    SEXO



     Havia um certo equilíbrio de gênero no corpo docente dessa mostra.



    Área de formação professores


    Áreas de especialidade dos professores dessa mostra eram 56% de sociais e humanas.


    Necessidade de software para aplicar as TIC




    A maioria que era de ciências humanas achava que os software eram adequados.
    Catálogo software livre



    Professores possuem blog,wiki ou home page?



















    Os professores não possuíam em sua maioria blog, wiki ou home page( Google sites, WIX, programa Komposer, Webardora, Lamsfoundation, Zoho).



    Principais Problemas inserir TIC

       

    Os professores entendiam que o maior problema que eles tinham para inserir as TIC na educação seria o acesso, seguido da falta de formação, mudança de papel do professor na sala de aula e falta de tempo.


    Principais problemas Integração TIC 



    Os professores entenderam que formação para as TIC se resumiria a apresentar o funcionamento de alguns programas e que não estava relacionado com pedagogia. Isso significa que não estava claro que a Internet exige uma relação mais horizontal e isso muda o papel dos professores e dos alunos.


    Necessidade de formação na ótica do professor












    Na opinião dos professores as noções de windows e word eram suficientes para aplicar as TIC. 57% acham que não precisam de formação e consideram que para aplicar TIC é preciso só ter alfabetização informática e conhecer alguns recursos.


    Possuiam outro trabalho



     
    Eles tinham mais de um trabalho em 84% dos casos.


    Contratação por horas trabalhadas



    Eram contratados por poucas horas em 40% dos casos.


    Quais principais TIC utilizam com seus alunos 





     A utilização das TIC era de 40% de slides e 37% vídeos. Isso mostra que estavam dando uma formação instrutivista, e não incluíam modelos colaborativos para a inclusão das TIC, vemos Google Docs com 14,2%, foros 4,7 e mapas conceituais 3,1. O conceito de usar a inteligência coletiva em comunidades fechadas na internet a partir das ferramentas TIC, não está sendo utilizado como deveria para desenvolver o debate de temas complexos, que são abordados nas universidades. Também não consideraram a importância dos alunos apresentarem seus trabalhos com recursos TIC e compartir os PDFs em slide share por exemplo ou compartindo nas nuvens com Dropbox, Skydrive ou fazendo edição colaborativa em uma wiki. Mapas conceituais: Cmap Tolls, Cacoo,

     Temos na prática as escolas correndo atrás da sociedade e professores não inserindo a tecnologia da informação e da comunicação na escola, é como se a escola fosse um mundo paralelo e quando os alunos saem da escola voltam para a vida real.

    Teorias Utilizadas





     Pelo menos teoricamente os professores são simpáticos ao construtivismo e declaram que utilizam a teoria em 44% dos casos , 6,8 % assume que é Instrutivista, 8,5 se diz Conectivista, 3,4 outro e 37,3 não sabem do que se trata.

    Entender Conectivismo:


     Podemos utilizar vários recursos TIC nas aulas...e inclusive as redes sociais. Para utilizar as redes podemos utilizar o construtivismo e o conectivismo e uma vez aprendido isso pode ser bastante sustentável: E muito interessante repassar sobre o Conectivismo, que diz que a possibilidade de aprender más, que representam as conexões de Internet, tem mais transcendência e são mais importantes, que nosso estado habitual de conhecer. (Siemens, citado em Marcelo C. y Vaillant D. 2009).

    Também defendem a mudança de papel dos alunos e professores porque a hierarquia das redes precisa ser mais horizontal, o professor deixa de ser a estrela e se conscientiza que é um mais que aprende nessa sociedade do conhecimento, o ensino está centrado no aluno.

    Para usar os LMS(Learning Manager Sistem), exemplo Moodle, considerar: boa arquitetura da informação e usabilidade, material digitalizado e velocidade de conexão, gente qualificada, equipes multidisciplinares.( programador, webdesign, design gráfico, professor especialista, professor tutor e desenhista pedagógico). Quando as escolas tem uma plataforma e os debates se realizam na plataforma, esse capital cultural fica com a instituição , a instituição também aprende.Exemplo :MIT Open Courseware (OCW):Repositório Abrangente e interação de usuários.Orientações para ajudar a escrever as páginas de internet oferecidas no site do governo americano.

    O conectivismo fala que as conexiones de Internet são  uma oportunidade para a aprendizagem quando conectamos nodos de conhecimento, com especialistas, com redes de interesse comum, esse passa a ser um caminho sustentável para entrar em contato com gente qualificada, e qualificar seu pessoal, porque as redes se retroalimentam.

    Ver também em Escola de Redes- Grupo Plataformas de Aprendizagem -
    http://escoladeredes.net/group/plataformas-de-aprendizagem?commentId=2384710%3AComment%3A162385


    TIC melhora a aula




    Os professores são teoricamente simpáticos a TIC, 86% declaram que as TIC melhora a aula e a maioria associa a utilização das TIC com prender a atenção dos alunos. Mas na verdade as TIC deveriam estar sendo utilizadas para desenvolver competências para que alunos possam exercer sua cidadania plena.

     Outro tema é que na verdade as TIC não vão fazer com que as pessoas aprendam mais, elas vão fazer que as pessoas aprendam diferente, porque isso é uma demanda da nossa nova forma de organização social.

    Construtivismo na prática


     Na Teoria do construtivismo social o processo é distinto para cada estudante na sua construção pessoal, a aprendizagem se da por descobrimento, o conhecimento prévio e somado ao atual, pero supõe uma participação social que no caso da classe tradicional não é necessário ter, no construtivismo o estudante defende suas ideias, pergunta, classifica a informação, em um rol ativo, ele aprende na interação com outros na redes, alunos tiram dúvidas de outros alunos e existe um mediador e isso acontece nas comunidades de interesse comum.

     O construtivismo valoriza muito o trabalho em grupo, a partir de esta convivência se aprende a saber estar, se potencia la capacidade de negociar, la investigação em grupo, a capacidade de raciocínio e desenvolve capacidades individuais para construir o conhecimento. Porém ao contrário do recomendado as tecnologias estão sendo utilizadas para passar a matéria de uma forma instrutivista , necessitamos incluir as tecnologias de forma inovadora, não se trata tanto de saber sobre todos os lançamentos tecnológicos, mas o que se vai fazer com eles, como aplica-los pedagogicamente.


    Avaliação dos alunos





















     Outro ponto a se levar em conta é que o construtivismo se pensa em novas formas de avaliar, porque os erros se podem transformar em uma oportunidade de aprender,ao invés disso os professores avaliam aos seus alunos por provas, a capacidade da memória.


    Novas formas de Avaliar

      As provas devem ser sobre entender o contexto, linguagem simples, evitando expressões regionais e jargões, considerando a possibilidade de ser traduzido as legendas dos vídeos para estrangeiros e deficientes visuais e de acordo com o nível dos alunos.

      A avaliação continuada também pode ser utilizada como motivação para a aprendizagem, quando se pretende desenvolver outras competências distintas da capacidade relacionadas a memória. Aplicações novas de avaliação muitas vezes podem ser proveitosas, porque as observações feitas nessa etapa são muito percebidas pelos alunos.

     Para preparar os professores convém além do mais pensar como aproximar o material didático do universo dos alunos, que em Brasil é complicado porque existe uma sociedade de classes com realidades muito distintas e com niveles de alfabetização informática heterogêneos isso é outro fator que dificulta a aplicação das TIC. Porém o próprio aluno pode construir seu material dando a ele a contextualização que o material precisa ter e gerando material em português dentro da realidade de cada região e especialidade e também participar da sua avaliação e da avaliação dos companheiros e do grupo que participa.

    O tempo de resposta a pregunta deve ser de até 48 horas. Uma proporção de 1 professor para cada 30 alunos, no caso de haver análise de debates e textos escritos que demandem tempo maior para correção. Se o professor estiver sobrecarregado a qualidade do ensino cai....vi um caso de 200 alunos para um professor que realmente resultava em respostas incompletas ou não resposta.

    Cabe lembrar que se pode utilizar modelos pedagógicos para avaliar o curso e reorienta-lo para reduzir a evasão escolar.

    Plataformas demandam equipe multidisciplinar de pelo menos 5 pessoas ( webdesign, programador, design gráfico, professor especialista, design instrucional,.....tutores que respondem e-mails sobre o curso, secretárias para as questões burocráticas, suporte técnico,....) e organização descentralizada que seguem padrões de referencia e guias orientativas. A receita de fazer tudo sozinho é pouco recomendada.

    A avaliação também serve como estímulo e deve-se pontuar por cada atitude boa ou condecorar com prêmios digitais, porque a possibilidade é que no caso do e-learning a evasão escolar seja enorme. É fundamental dar um diploma em caráter motivacional no final do curso.


    Rotatividade dos professores





     Existe uma tendência a substituir professores em vez de formar.


    Utilizar TIC 


    Se conseguimos entender o construtivismo e o conectivismo, e buscamos analisar o nosso ouvinte poderemos buscar temas que interessem a eles, da parte do cotidiano que eles se interessam, que possam prender sua atenção e fica mais fácil fazer com que eles se envolvam com o tema de estudo.

    Teorias educativasmodelos de desenho instrucional + TIC = Utilizar TIC.


    Conclusão


    Também poderemos estudar modelos de relacionamentos que levem a mudanças de comportamento e aplicar nas redes sociais, melhorando a saúde publica, reduzindo o tabagismo, reduzindo a violência, treinando os professores para utilizar as TIC ao invés de demiti-los.

    Usando o mesmo raciocínio colaborativo, colaborando com as faculdades ao invés de trocar por outra, é uma boa saída já que na verdade as instituições de ensino publicas e privadas ainda não metabolizaram a mudança, utilizando a inteligencia coletiva como ferramenta para resolver os problemas poderemos inclusive criar uma cultura onde as pessoas tenham uma postura mais ativa em relação a aquisição dos seus próprios conhecimentos inclusive por haver maior independência para utilizar as TIC, entrar em contato com nodos de conhecimento e isso de certa forma reduz a responsabilidade da instituição de ser a única detentora do saber, menos paternalismo da instituição, o conhecimento vai além dos muros da escola e isso gera mais responsabilidade para o aluno, porém mais independência e possibilidade de gerar soluções.

    A troca de conhecimento pode gerar riqueza da diversidade em um modelo de relacionamento mais flexível e interdisciplinar.

     Podemos pensar em como formar os professores nos mais diferentes pontos do Brasil para que eles não fiquem tão perdidos em relação ao tema, já que eles tem pouco tempo entre as aulas e também não recebem o suficiente para pagar cursos caros, e gestionar sua formação passa a ser um problema. Por exemplo iniciativas a distância que partem de uma introdução presencial  de 30% para a utilização da plataforma, que poderia ser fruto da união do governo, iniciativa privada e sociedade.

    Podemos projetar uma sociedade sustentável que promova a formação e atualização permanente  do corpo docente "learning long life", já que talvez pela falta de viabilidade econômica as instituições de ensino não estão conseguindo resolver....e essa inteligencia  coletiva pode ser utilizada para resolver todos os problemas que nós temos, se a sociedade civil, a iniciativa privada e o governo organizarem forças na rede como explica Fritjof Capra.

    Tabulação dos dados no excel






















     

    lunes, 22 de abril de 2013

    Porque tecnologia na educação?

    Preparar cidadãos para exercer sua cidadania

    As instituições educativas necessitam refletir sobre a educação para adapta-se a sociedade  em rede que muda diariamente onde todos são consumidores e produtores de informação.



    Na Revolução Industrial

    Escolas eram pensadas como uma fábrica: Preparando o aluno para funções bem definidas na linha de produção.

    • Dividido os alunos por faixas etárias, para definir o "setor"
    • Uniformizados, 
    • Condutas padronizadas, 
    • Noção de tempo,
    • Muros da escola  bem definidos,
    • Silencio na sala de aula, 
    • Hierarquia vertical,
    • Protagonista do professor  detentor do o limite do conhecimento que o aluno poderia alcançar,
    • Teoria de aprendizagem Behaviorismo- respostas e estímulos.
    Según Aparici, R.(2010) A educação está baseada na cultura livresca , da era industrial.

    Agora na era digital  o mercado demanda:

    • Estrutura dinâmica que acompanhe as tecnologias,
    • Velocidade, respostas rápidas....
    • Hierarquia horizontal ,
    • Qualificação,
    • Criatividade,
    • Pensar fora da caixa,
    • Menos trabalhos formais,
    • Colaboradores
    • Trabalhar em rede
    • Capacidade de Negociação
    • Tolerância a diversidade 


    Colaboradores não representarão:

    -Gasto de férias,
    -13º,
    -Aposentadoria......
    -Possivelmente terão seu cgc como microempreendedores Individuais ou Profissionais autônomos

    Competências WEB 2.0

    Os professores preparam para a vida e a entrada no mercado de trabalho.

    Na web 1.0 nós consumíamos a informação, na web 2.0 todos produzem a informação, sobem vídeos, produzem blogs, fazem comunidades de interesses....e estamos indo para web semântica.

    Os níveis de alfabetização informática exigidos pelo mercado se incrementam, e surgem necessidades de desenvolver novas competências e habilidades:


    As competências para exercer a cidadania mudaram com a internet:

    • Alfabetização digital nível médio/alto, (evitando a brecha digital.)
    • Saber Buscar /Pesquisar por palavra chave
    • Desenvolver Critérios Filtrar informação,
    • Síntese,
    • Capacidade de Negociação,
    • Domínio do idioma nativo,
    • Segundo idioma,
    • Papel Ativo na sua aprendizagem
    • Aumento da responsabilidade do aluno
    • Saber fazer trabalho colaborativo em rede,
    • Negociar seus pontos de vista
    • Entregar trabalhos em diferentes formatos: blogs, wikis,PDF,DOC,vídeo, som
    • Criatividade,
    • Tolerância a diversidade,
    • Leis aplicadas a Internet.
    • Netqueta
    • Inscreva em comunidades, listas de discussão, fóruns

    A estrutura escolar demanda:

    • Plataforma LMS - Learning Manager System  (exemplo Moodel).
    -Network -Alunos conectados
    -Chat
    -Quadro de avisos
    -Debate de cada matéria
    -Presença em Comunidades Sociais
    -e-mail
    -Wiki
    -Blog
    • Conexão banda larga
    • Equipamentos com programas, mantidos e rápidos.
    • Insentivo a aquisição de equipamentos:
    -Financiamentos para compras de equipamentos
    -Descontos em redes de distribuidores

    • Treinamento Professores-Inovar os métodos para ajustar-los a novos meios que surgem a cada dia.
    • Adaptar a oferta os materiais educativos a novos formatos

       A noção do tempo e espaço fica menos relevante e a educação informal em rede está contextualizada na sociedade do informação.


    domingo, 21 de abril de 2013

    Tecnologia da informação e comunicação na aula- dicas básicas

    Receita para aplicar tecnologia da informação e comunicação na aula:


    O que é TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação?


    Segundo Camino, M. J. (2011) As TIC Tecnologias de la Informação e Comunicação são recursos disponíveis na Internet como programas e ferramentas



    Identificar necessidades dos alunos para exercer sua cidadania:

    • Buscar
    • Selecionar/filtrar 
    • Citar bibliografias
    • Acesso a rede, equipamento, tipo de conexão.
    • Noções de segurança na internet
      http://cartilha.cert.br/fasciculos/,
    • Consequências da participação nas redes sociais, 
    • Noções de leis na internet, 
    • Saber conviver com as diferenças, 
    • Falar segundo idioma, inclusive porque não tem muito conteúdo de pesquisa digitalizado em português, 
    • Saber negociar,
    • Saber colaborar, 
    • Organização e Formação dos estudantes em trabalho em grupo, 
    • Alfabetização digital:

    Alfabetização digital

    Segundo Poblete y Villa, 2007 deve se propor três niveles de desenvolvimento:
    1. " Nível mais básico, relacionado com o conhecimento necessário para desenvolver a habilidade pretendida.
    2. Um segundo nível onde aplique esse conhecimento a determinadas situações complexas.
    3. Finalmente, um terceiro nível onde a pessoa seja capaz de integrar a dita destreza em sua vida."

    Definir objetivos pedagógicos da matéria ...exemplo:

    • Debater,
    • Resumir e sintetizar sobre o tema,
    • Análises, habilidades de pensar sobre o tema da matéria,
    • Resultando na entrega de uma atividade em formato que atenda ao desenvolvimento de competências e objetivos pedagógicos: blog,  página web, wiki,  vídeo, PDF dissertação.....

    Definir metodologia de ensino:


    _ Teoria Conectivista de George Siemens, o aluno conectado a fontes de conhecimento, nodos....o aluno conectado a redes de especialistas, fóruns, etc...considerar a solidão.......

    _Teoria do Construtivismo Social onde o papel do professor é tutor e do aluno de protagonista responsável do seu conhecimento na sociedade da informação. Geralmente são realizadas atividades em grupos, onde há debate e um aluno responde ao outro, enquanto que o professor modera o debate.

    Em função dos objetivos pedagógicos, desenvolvimento de habilidades e competências, contexto do aluno e metodologia do ensino se escolhe a ferramenta TIC.

    Teoria educativa sistema tradicional de transmitir conhecimento ( na minha opinião está descontextualizada da sociedade em rede, perdeu o sentido, o que todo mundo quer é produzir a informação e colocar na rede e ninguém tem paciência de ficar ouvindo um professor chato fazendo monólogo, se for um entusiasta do estilo, pelo menos colocar uns videos, links, multimédia para que o aluno consiga suportar a aula.

    Competências docentes segundo Perrenoud: Tutor

    Segundo (2011) A.B.L, Cobo I.L.,López I.G.y Huertas C.L , O professor define o tipo de atividade vai propor, a ordem, recursos didáticos, retroalimentação dos alunos dento do contexto social, econômico, etário, disponibilidade de tempo e recursos que tem seus alunos.

    Novas competências docentes segundo Perrenoud citado en Cámara A.B.L, Cobo I.L.,López I.G.y Huertas C.L 2011,pag61 :

    • Organização e dinamização de situações de aprendizagem, 
    • Gestão dos progressos em aprendizagem, 
    • Emprego da tecnologia da informação e da comunicação, 
    • Implicar aos estudantes em sua aprendizagem e esforço, 
    • Colaboração no Trabalho em equipe,
    • Formação dos estudantes em trabalho em grupo, 
    • Afrontar os deveres e dilemas éticos da profissão,
    • Gestão de sua própria formação continua.
    • Avaliar os alunos: conferir se a avaliação tradicional é eficiente para valorar aspectos necessários no desenvolvimento das determinada competência a serem alcançadas.

    Considerações Trabalhos em Grupos realizados na última hora:

    Existe o risco de tornar os trabalhos em grupo uma encenação por parte do aluno, escola e professor:

    -O trabalho vira uma etapa burocrática na ótica do aluno.
    -Na ótica da universidade não contrata professores para fazer correções individuais ou e não treinar para acompanhamentos pode ser conveniente financeiramente.  
    -Professor pode não querer essa função adicional de avaliar trabalho individual ou monitorar presença e sempre existe resistência ao novo.

    Soluções para avaliação de participação em trabalho em grupo com as TIC:


    • O LMS tem localizador de IP, horário de acesso, frequência de todos envios.
    • A wikispace tem controle de aportação, horário de participação.
    • O Zohoo docs também tem data de visualização e aportação.
    • Solicitar esclarecimento divisão de funções, avaliação pessoal, do colega e sincronia do grupo.



    Possíveis resultados de trabalhos feitos na última hora:

    -Cultura de improvisação e dar um jeitinho. 
    -Alimentando uma cultura de troca de favores. Solicitações de "poe meu nome no trabalho"
    -Colcha de retalho, texto sem unidade do trabalho.


    Teoricamente a sociedade aprende e um ensina convivendo por isso se faz grupos.
    Mas nesse contexto os benefícios abaixo não podem ser realizados nas ultimas 24 horas:

    -Organizar-se,
    -Criar funções, 
    -Definir funções, 
    -Escolher alguma pra fazer, 
    -Cumprir prazos, 
    -Negociar significados, 
    -Defender suas posições
    -Aprender algo.

     É importante avaliar traço cultural,e fazer adaptação as teorias, considerando condutas sociais,  que podem impedir que a escola realize o seu papel na formação dos alunos de forma efetiva.

    jueves, 11 de abril de 2013

    domingo, 7 de abril de 2013

    Como oferecer cursos de mestrados para todo o Brasil para resolver a falta de professores?

    Necessitamos


    Mão de obra qualificada:

    • Especialistas

    • Mestres e doutores

      Faltam professores especializados para formar profissionais que vão apoiar o crescimento econômico e a qualidade dos serviços em várias áreas.

    Formação

    • Ofertas  de vagas mestrado em todo o país,

      Não adianta exigir que os professores tenham mestrado e doutorado e não oferecer vagas nas  localidades,
    • Cursos diferentes Áreas


    Viabilidade Formação em Larga Escala:


    • Investimento Cursos mestrado e doutorado a distância nacionais reconhecidos CAPES.

      Os cursos para poderem ser considerados mestrado pelo Capes, necessitam de um quadro de professores com doutorado porém, fora das grandes cidades do Brasil é frequente faltar mão de obra qualificada em diferentes especialidades, então o que acaba ocorrendo é que em cidades fora do Sudeste é muito comum faltarem vagas de mestrado e doutorado.

      Uma das saídas para se qualificar mesmo vivendo em locais que não possuem ofertas de vagas em mestrados é fazer esses cursos a distância

    Envie um pedido de avaliação a Comissão de Legislação Participativa a favor de:

    •  Convalidação de mestrado e doutorado a distância,
    • Investimento Cursos mestrado e doutorado a distância nacionais reconhecidos CAPES.
    • Sugira sua ideia.



    Comissão de Legislação Participativa
    Telefones: 3216-6692 / 6693
    FAX: 3216-6699

    Muito obrigada.



    Educação: a distância e semipresencial

    Resumo:

    -Pontos positivos e negativos e-learning,
    - Metadado: links,
    -Padrão de standard scorm,
    -Link introdução javascipt,
    -Links recursos educativos digitalizados em português

    .

    metadado= arquivo com dados do autor, título junto com outro arquivo com o texto, livro, obra....utilizado no ensino a distância para catalogar objeto de aprendizagem em vários estandartes utilizados, objetivando reutilização do material.
 
height= Licença Creative Commons
    Metadado de Denise Araujo é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.Baseado no trabalho em http://educacomtic.blogspot.com.br/.

    Pontos Positivos: Educação a distância:


    • Ensino a distância apareceu como uma alternativa escalonável,

    • Que pode alcançar pessoas com dificuldade de deslocamento:

    - Variação climática,
    - Transporte, 
    -Locais remotos,
    -Deficiência física,
    -Falta de tempo, 
    -Maternidade,
    -Formação continuada na empresa.

    • Redução de custos devido a reutilização do material:
      *No Blended Learning não existe redução de custo, é o mesmo gasto.

    -Escolas podem compartilhar  recursos a distância:
    .Professores,
    .Módulos de exercícios,
    .Assinaturas
    .Cursos inteiros (com pequenas adaptações).



    • Recursos de Ensino a distância podem ajudar em todas as modalidades

      -O ensino a distância tem aproximadamente até 30% de presencialidade,
      -O ensino presencial tem até 30% de virtualidade,
      -Blended learning, aprendizagem mista ou ensino semi presencial tem entre aproximadamente de 30% a 70% de virtualidade.


    • Blended-learning é a melhor solução porque está contextualizado no mundo moderno, economiza transporte, faz uma mudança gradual, reduzindo o impacto e resistência a mudança e permite a interação com os companheiros.


    Dificuldades na Educação a distância:


    Isolamento: Consequências da redução do contato humano



    -Solidão:
    A sensação que o aluno tem  é que deixou de viver, tristeza
    Dificulta a formação de laços e Network ( com possíveis indicações para trabalho)

    -Tristeza
     É como se a vida passasse lá fora,

    -Ansiedade,
    Na aprendizagem colaborativa, os alunos aguardam respostas no fóruns,
     (Colegas demoram a responder ou não respondem e nem colaboram. Outro detalhe importante é algumas vezes os professores também não respondem...)


    Individualismo x Construtivismo Social:



    O modelo do construtivismo social utilizado até o momento, parece ignorar que temos uma cultura individualista e que colaborar no nosso caso não é uma coisa natural, temos que ser treinados para isso,


    Ética



    Deve educar para evitar o plagio e ter respeito pela produção intelectual desde de tenra idade....dando os créditos da produção acadêmica na bibliografia.



    Alto Custo de Implementação



    Equipe Multi Profissional

    Implementar sistemas de ensino a distância tem alto custo, porque necessita de uma equipe multi profissional: desenhista gráfico, web-designer,  programador, professor especialista e desenhista instrucional.



    Formação Professores



    Pedagogia para aplicar as TIC



    Recursos digitalizados no idioma do aluno:



    Ter materiais digitalizados no idioma português é um problema que ainda temos nas comunidades de língua portuguesa, que está agravado porque utilizamos diferentes estandartes para catalogar esses materiais de aprendizagem nas bibliotecas digitais ( Repositórios ou Banco de Objetos).

    Os conteúdos em português que não acabam de sincronizar porque não buscamos políticas para catalogar os objetos de mesma maneira.

    Os governos que falam português deviam conversar sobre isso, nos interessa independente de nossas nacionalidades.





    Metadado Links:

    Para ser catalogado o objeto de aprendizagem necessita de um metadado ( dado do material: arquivo + sobre dado da catalogação) e a forma de catalogar o objeto de aprendizagem varia de acordo com o estandarte utilizado em cada país.

    No Brasil utilizamos o padrão Scorm (Sharable Content Object Reference Model) para catalogar os objetos de aprendizagem utilizados na página educativa, ver mais nas páginas abaixo:


    http://www.cinted.ufrgs.br/ppt/interopObjEduc/sld064.htm


    Recomendável Noções de Progamação:


    Se você está interessado em aprender sobre html, linguagem para fazer sua página web e javascript que é utilizado no SCORM assista: ao canal de vídeo aula de programação:
     javascript do http://youtu.be/_7ie26Ami3w ou

    http://youtu.be/x8BTTatMClE.


    http://www.youtube.com/user/JLDRPT/videos?sort=dd&tag_id=&shelf_index=2&view=1
    O canal de programação do João Ribeiro

    http://www.codecademy.com/pt/learn
    Aprender a programar


    Recursos educativos digitalizados ajudam na educação dos povos de língua portuguesa:















    jueves, 4 de abril de 2013

    Importância ensino a distancia - formação continuada, material digitalizado PT, site educativo LMS e aplicativos móveis


    Licença Creative Commons
    Formacao_continuada_professores de Denise Araujo é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.Baseado no trabalho em http://educacomtic.blogspot.com.br/.

    Existe uma grande dificuldade em manter uma qualidade na formação dos professores, porque isso demanda profissionais altamente qualificados dando suporte em áreas geográficas distantes, em uma gama de horários muito diversos em um pais com dimensões territoriais tão vasta.

    Uma solução para levar o acesso a formação continuada a professores de todas as áreas é o ensino a distancia, que superadas as dificuldades de acesso a internet( conexão de banda larga+ equipamentos+alfabetização digital), passa a ser uma solução bastante viável para ensino em larga escala.

    Um exemplo é a plataforma utilizada no Rio de janeiro http://www.educopedia.com.br/Login.aspx que oferece gratuitamente apoio para professores e  alunos.

    Dispor de material digitalizado no idioma português é uma grande dificuldade das comunidades que falam português na rede, por isso todas as iniciativas brasileiras deveriam permitir a inscrição pública ou pelo menos ser extensiva a todos os brasileiros.

    Incentivar a produção de material educativo pelos alunos é uma forma de contextualizar os materiais, incentivar a cultura colaborativa, falar sobre a propriedade intelectual, oportunidade de discutir sobre ética e moral na rede, incentivar a lei que apoia materiais livres de direitos autorais,ensinar a pensar, incentivar o aluno no conhecimento exploratório, incentivar a leitura, escutar as soluções dadas pela comunidade que as utiliza, centrar o ensino no aluno.

    A sociedade da comunicação e informação tem como consequência o trabalho colaborativo, demandando uma hierarquia horizontal, onde o professor não detêm o conhecimento, ele faz uma tutoria, mostrando ao aluno como pesquisar, dando referencias bibliográficas, mostrando como filtrar a informação, na sociedade da informação aprendem as instituições e os alunos. quais são as competências que necessitamos desenvolver nos nossos alunos para exercer sua cidadania?

    Reutilizar materiais  na internet é uma forma adotar a participação social, de baixar custo na distribuição do material educativo em larga escala, disponibilizar esses materiais universalmente, é uma forma de contribuir para a educação nas comunidades que falam português e nosso fortalecimento cultural.

    Como se faz? Se faz um material base, catalogado em uma biblioteca com o máximo de definições que seguem um padrão estandardizado  e esse material é incluído nos planos de ensino, quanto mais possa ser reutilizado um material, mais importante ele é para a sociedade em rede.

    O sistema de catalogação do material utilizado digitalizado no Brasil se chama SCORM e depende de linguagem de programação para ser catalogado. Ter um estandarte facilita a reutilização do material.

    Plataformas que armazenam material digitalizado se chamam banco de objetos e são fundamental suporte para o ensino a distancia e podem ser citadas com link direto dos websites educativos feitos como programas como Moodle, onde se armazenam e organizam os cursos.

    Como brasileira espero que tenhamos mais iniciativas como  a plataforma utilizada no Rio de janeiro,http://www.educopedia.com.br/Login.aspx .
    Espero também que pensemos na importância de nossas ações para a comunidade internacional que falam português  porque necessitamos aumentar a quantidade de recursos digitalizados que possam contribuir em todas as especialidades para nosso crescimento e trabalho e cidadania. 



    Novos aplicativos móveis para o ensino e aprendizagem estão surgindo constantemente:


    http://wcet.wiche.edu/learn/mobile-app